Dicas Para Emagrecer Fazendo a Dieta Mediterrânea

Classificada como uma das melhores dietas para emagrecer dos últimos anos, a dieta mediterrânea aposta no consumo de alimentos saudáveis, frescos e naturais.

Ela ainda conta com uma boa dose de gorduras boas, ao passo que exclui o consumo de alimentos processados e industrializados.

Por isso é que se trata muito mais de uma forma de alimentação para quem deseja mudar de estilo de vida do que para quem quer um protocolo alimentar para seguir por pouco tempo e eliminar muitos quilos.

A grande vantagem disso é que ela ensina uma série de mudanças que podem ser levadas para a vida, possibilitando não apenas perder peso como também manter essa perda por muito tempo depois.

Se você aplicar as dicas abaixo, você irá conseguir emagrecer sim, mas se quiser acelerar a perda de peso, saiba que o emagrecedor liposil funciona mesmo para aquelas pessoas que estão muito acima do peso.

Vantagens da dieta mediterrânea para emagrecer

Como um estilo de vida, essa dieta favorece o consumo de alimentos saudáveis, que melhoram a saúde como um todo. Os principais benefícios são os seguintes:

  • Diminui o risco de problemas cardiovasculares
  • Ajuda a proteger o organismo da trombose e aterosclerose
  • É rica em nutrientes importantes ao corpo
  • Tem um cardápio variado, podendo ser seguido até por crianças

Principais regras a dieta mediterrânea

Embora não seja difícil, existem algumas regras que você deve seguir corretamente para fazer a dieta mediterrânea e emagrecer, veja:

  • Sem industrializados

Opte sempre por alimentos naturais, especialmente de origem vegetal. Consuma arroz integral, leite, azeite, ovos, soja.

Substitua todos os alimentos industrializados por versões caseiras, tais como bolos, biscoitos e outros.

  • Peixes e frutos do mar

Esses alimentos devem estar presentes ao menos 3 vezes por semana, pois são proteínas com boas fontes de gordura, que melhora a circulação, a saúde articular e previne doenças.

  • Gorduras boas e azeites

Óleos vegetais (linhaça e canola), bem como o azeite oferecem boas gorduras ao coração, favorecendo o controle do colesterol e prevenindo problemas cardiovasculares.

Para isso, no entanto, a dica é não ultrapassar as duas colheres por dia, se não, o efeito pode ser o contrário.

  • Integrais

Para emagrecer com a dieta mediterrânea é necessário apostar no consumo de alimentos integrais, tais como arroz, farinhas, aveia, macarrão integral e outros.

Eles são ricos em vitaminas, minerais e fibras, melhorando o organismo e o funcionamento dos intestinos.

Alimentos como feijão, soja, semente de abóbora, grão-de-bico e outros ricos em proteínas também podem ser ingeridos.

  • Frutas e verduras

É essencial aumentar o consumo de frutas e verduras, pois fornecem fibras e nutrientes essenciais para o metabolismo, além de favorecerem a saciedade.

A recomendação é ingerir 3 frutas diferentes por dia, podendo ser uma sobremesa depois da refeição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *